Mestrado em Bioquímica para a Saúde

Ensino

Mestrado em Bioquímica para a Saúde

Entrou em funcionamento em 2013/2014. 120 ECTS para obtenção do grau de Mestre em Bioquímica para a Saúde. Mestrado em Associação entre três Instituições da Universidade Nova: FCT, ITQB e FCM.

Este curso só funcionará se tiver 10 ou mais inscrições confirmadas, conforme decisão do Conselho Executivo da FCT NOVA.

Objetivos

Este curso de Mestrado destina-se à aquisição e desenvolvimento de uma perspectiva crítica e analítica de questões Bioquímicas relacionadas com a Saúde Humana. Este objetivo será alcançado através de uma base sólida de conhecimentos em Bioquímica, com vertentes interfaciais de Biofísica, Biologia, Biotecnologia, Química (especialmente na perspectiva farmacológica) e Ciências Humanas e Sociais. O principal objectivo do curso é assim o de fornecer uma formação académica multidisciplinar que faculte acesso a áreas de investigação e desenvolvimento em diversos sectores da indústria e dos serviços relacionados com a Saúde Humana (e.g., Indústria Farmacêutica, Análises Clínicas e Biotecnologia).

Informação: este ano as aulas estão a ser leccionadas em Inglês

PLANO CURRICULAR 

Saídas profissionais

  • Investigação e Desenvolvimento de Fármacos e Biofármacos
  • Investigação Médica
  • Laboratórios de Análises Clínicas
  • Indústria Cosmética e Farmacêutica
  • Saúde Pública
  • Organismos e Comissões Reguladora

REGULAMENTO 

Website do Mestrado

Horário de funcionamento:

Diurno

Propinas:

Estudantes nacionais: 1.063,47 €/anual

Estudantes internacionais: 7.000 €/anual

Prazo de candidatura:

1.ª fase: 6 de março a 23 de junho

2.ª fase: 26 a 31 de agosto

CANDIDATURAS

Condições de acesso para o ano letivo de 2017/2018

Vagas:

25

Regras de acesso:

Regras de admissão/habilitações de acesso:

  1. Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em licenciaturas das áreas de Ciências Exactas ou Tecnologia;
  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado, naquelas áreas, de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro, naquelas áreas, que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia;
  4. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia.

Critérios de seriação:

  1. Classificação de curso;
  2. Curriculum académico e científico;
  3. Curriculum profissional;
  4. Eventual entrevista.

Coordenadores do curso:

Coordenadora FCT: Professora Teresa Catarino (mbps.coordenador@fct.unl.pt)

Coordenador ITQB: Dr. Pedro Matias (matias@itqb.unl.pt)

Coordenador FCM: Professor António Sebastião Rodrigues (sebastiao.rodrigues@fcm.unl.pt)

mbps.coordenador@fct.unl.pt